Persona V e MEU DEUS QUE JOGO!

 




Depois de muito adiar, finalmente a Atlus lançou o tão esperado Persona V, e quem já conhecia o que a Megami Tensei trazia pra gente saiu ansioso pra jogar logar logo. Agora convenhamos, vale o hype, vale as resenhas, vale tudo, porque o sexto título de Persona chegou chegando, com um roteiro ma-ra-vi-lho-so e um ritmo que coloca todos os que vieram antes no chinelo.

História

A trama de Persona V, segue um protagonista silêncioso pela ruas de Tókyo após ele ter sido transferido para a Shujin Academy depois de ser colocado em condicional por um ataque do qual ele foi falsamente acusado. E durante o ano escolar ele se junta com outras pessoas, acordando seus poderes e suas Personas, respectivamente, para agirem como vigilantes da lei, roubando os corações dos "vilões" que eles encontram por aí.

Pode parecer uma definição bem sessão da tarde, mas pra quem já tá familiarizado com a trajetória dentro da série, faz total sentido. O hype todo aqui, é pelo modo como eles resolvem contar a história dessa vez, e como os acontecimentos vão moldando os personagens pra que o jogador tenha uma experiência mais que única dentro do game. De dia, você vive a vida de um típico adolescente em uma escola, e a noite você se transforma num justiceiro que tenta entrar na mente de adultos corruptos na intenção de mudar os seus corações e enfim. 

 

Jogabilidade e afins

Persona V é um role-playing battle game, com um sistema de luta em turnos, com ataques físicos, armas de alcance e magias baseadas em um dos oito elementos explorados pelo jogo, onde todas as ações tomadas e respostas dadas pelo protagonista, que é controlado por você, ajudam a moldar a personalidade do mesmo, enquanto passando pelo roteiro pré-definido para a aventura. De acordo com o que você avança no game, você vai coletanto Personas as quais você usa em batalhas e cada uma tem o seu sistema único de ataques, com forças e fraquezas a serem entendidas. E é importante que você realmente conheça as suas personas, porque enquanto todos os seus parceiros só podem carregar uma persona, o Joker, o protagonista no caso, você, tem a habilidade de carregar várias, o que pode te trazer muitas vantagens dentro do game, isso é claro, se você souber usá-las, é bem parecido com pokémon, até. 

Persona V é um puta jogo, convenhamos, com um caráter massivo quando se trata de cumprir o que já tem prometido trazer, sem contar que é maravilhosamente bem orquestrado pra funcionar como um orgasmo visual pra qualquer um que se aventure em descobrir o que as Personas tem de tão legal.

Com facilmente mais de 100 horas de gameplay, Persona V tem muito mais na manga do que o seu roteiro ou afins, o que já é muita coisa se levarmos em conta que a história do game é a mais forte até agora dentre todos os outros na franquia. O mesmo se destaca como uma experiência completa, em termos de imersão do jogador na proposta em questão. 

Persona V é um jogo que mesmo depois que você "terminar" de jogar, vai te dar vontade de voltar e refazer tudo de novo, mudando apenas umas respostas aqui e ali para a realização de uma experiência totalmente nova. Não é uma animação qualquer, acredite.

 



Por: Matheus Pacheco em 19-Mai-2017




LANÇAMENTOS



REDES SOCIAIS